General Program

General ProgramPress here

Headline Speakers

1

Professor Doutor
Carlos Fortuna

 

Professor Catedrático
Faculdade de Economia
Centro de Estudos Sociais
Universidade de Coimbra
Doutorado na Universidade de Nova Iorque, é Professor Catedrático da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e Investigador do Centro de Estudos Sociais.

Coordena os Programas de Doutoramento em Sociologia e em Cidades e Culturas Urbanas. É também o co-coordenador da Rede Brasil-Portugal de Estudos Urbanos.A sua investigação centra-se em temas urbanos, designadamente nas áreas da cultura, das identidades, do turismo e dos territórios e patrimónios locais. Entre os seus escritos mais recentes contam-se Diálogos Urbanos (Coimbra, Almedina, 2013), Cultura, Formação e Cidadania (2015), e “Património com Futuro… ou sobre a resiliência das cidades”, Revista do Património, nº 4 (2017).

Tem em preparação dois livros: Som, Ruído e Silêncio na Cidade Contemporânea e A Presença/Ausência das Ruínas no Contexto Urbano

1

Professor Doutor
José António Corraliza Rodríguez

 

Universidad Autónoma de Madrid
Universidade de Córdoba — Espanha
Doutor em Sociologia pela Universidad Complutense e Doutor em Psicologia pela Universidad Autónoma de Madrid.

Professor Catedrático na Universidad Autónoma de Madrid e na Universidad de Córdoba, sendo Profesor titular de Psicologia Social e de Psicologia Ambiental.

Director do Ecobarómetro do Ayuntamiento de Madrid.

1

Professor Doutor Francisco Moreira

 

Instituto Superior de Agronomia
Doutoramento em Biologia (Universidade de Lisboa, 1996).

Investigador Principal do CIBIO-InBIO (Rede de Investigação em Biodiversidade e Biologia Evolutiva), Universidade do Porto e Universidade de Lisboa.

Coordenador do grupo de investigação em “Biodiversidade em ecossistemas agrícolas e florestais” e da Cátedra REN em Biodiversidade. Membro da Direcção da Sociedade da Biologia da Conservação – Secção Europeia.

Os seus temas preferenciais de investigação incluem as ligações entre gestão agrícola e florestal e biodiversidade, a ecologia do fogo e o impacto de infraestruturas antropogénicas sobre a biodiversidade.

1

Professora Doutora
Anabela Simões Carvalho

 

Universidade do Minho
Doutorada na University College London, é Professora Associada no Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade do Minho, onde lecciona disciplinas como Comunicação, Ciência e Ambiente; Comunicação Internacional; e Comunicação Política. A sua investigação centra-se nos domínios da comunicação e ambiente, comunicação e ciência, e comunicação e envolvimento politico, com particular incidência no tema das alterações climáticas.

É autora e/ou organizadora de livros como Climate Change Politics: Communication and Public Engagement (com T.R. Peterson; 2012), e Citizen Voices: Performing Public Participation in Science and Environment Communication (com L. Phillips e J. Doyle, 2012), As Alterações Climáticas, os Media e os Cidadãos (2011), bem como de vários números temáticos de revistas científicas, para além de cerca de 90 artigos científicos e capítulos de livros. Foi ‘Associate Editor’ da revista Environmental Communication (2010-2012) e é actualmente ‘Associate Editor’ da revista Frontiers in Communication: Science and Environmental Communication.

É co-fundadora e ex-Presidente e Vice-Presidente da Secção de Comunicação de Ciência e Ambiente da European Communication Research and Education Association (ECREA) (2007-2014), bem como co-fundadora da International Environmental Communication Association (IECA) e ex-membro eleita do seu Board of Directors (2011-2015). Actualmente, é Directora do Doutoramento FCT em Estudos de Comunicação: Tecnologia, Cultura e Sociedade, um consórcio de seis centros de investigação e quatro universidades.

1

Professor Doutor Alveirinho Dias

 

Universidade do Algarve
Licenciatura em Geologia na Universidade de Lisboa (1972)
Doutoramento em Geologia pela Universidade de Lisboa (1987)Percurso profissional:
– Assistente na Universidade de Luanda, Angola
– Técnico Superior na Direcção-Geral de Geologia e Minas (Serviços Geológicos de Portugal)
– Assessor Principal no Instituto Hidrográfico
– Professor na Universidade do Algarve
– Actualmente está aposentado mas continua como investigador do CIMA – Centro de Investigação Marinha e Ambiental
Actividade noutras universidades:
– Professor convidado / visitante nas universidades de Aveiro, Évora e Lisboa
– Professor convidado / visitante em universidades europeias (Espanha, França, Itália e Reino Unido), norte-americanas (Carolina do Norte, Michigan e New York), africanas (Angola e Cabo Verde) e sul-americanas, principalmente brasileiras (Montevideu, Ceará, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina)Orientações:
– Orientou ou co-orientou mais de 30 teses de mestrado
– Orientou ou co-orientou cerca de 30 teses de doutoramento
Produção científica:
– Publicou mais de 150 trabalhos em revistas científicas credenciadas
– Publicou mais de 100 trabalhos em revistas nacionais
– Publicou mais de 50 capítulos de livros
– Publicou mais de 10 e-books
Áreas de actividade científica:
– Geologia Marinha, Dinâmica Sedimentar, Oceanografia Geológica, Paleoclimatologia, Gestão do Litoral, Riscos Geológicos
– Desde há vários anos interessado em Interacções Homem – Meio, História e Evolução das Zonas Costeiras, Climatologia Histórica, História Ambiental
1

Professora Mestre
Rita Sousa

 

Universidade Federal Santa Maria – Brasil
Formada em Engenharia Biofísica pela Universidade de Évora, especialização em Engenharia Natural realizada no Parque Nacional do Vesúvio em Itália.
Tem mestrado em Gestão e Defesa do Território pela Universidade de Estudos de Nápoles Federico II – Faculdade de Agrária (Itália) com dissertação intitulada “Fire Distribution in the National Park of Cilento e Vallo Diano connected to Land Cover Classes”.
Realizou mestrado em Engenharia Florestal na Universidade Federal de Santa Maria (Brasil) com dissertação intitulada “Metodologia para especificação de plantas em Engenharia Natural”. Durante o mestrado foi bolseira da Agência Nacional do Petróleo. Atualmente está a finalizar o doutoramento em Engenharia Florestal na Universidade Federal de Santa Maria.
Em 2007 foi professora convidada da disciplina “Recuperação de Paisagem Degradada” no curso de Arquitectura Paisagista, na Universidade Vasco da Gama (Coimbra) e em 2015/2016 foi professora da disciplina “Engenharia Natural/Bioengenharia de Solos” na especialização em Recuperação de Áreas Degradadas, na Universidade Regional de Blumenau (FURB) no Brasil.De 2006 até 2012, trabalhou em várias empresas em Portugal onde desempenhou cargos de direcção de obra, direcção de produção, elaboração de propostas para Concursos Internacionais Públicos de Manutenção de Gestão de Espaços Verdes e foi responsável pelo Departamento de Engenharia Natural, (projetos e orçamentos de estruturas de estabilização e consolidação de taludes e cursos de água e execução de obras de Engenharia Natural).De 2012 até 2014 trabalhou na empresa Lares Construções e Incorporações Ltda., em Belo Horizonte (Brasil) onde era responsável pelos projectos, orçamentos e direção de obras de Engenharia Natural.
Ministrou vários cursos e palestras sobre os temas: Engenharia Natural, Restauração Ecológica, Estabilização Hidráulica de Rios e Recuperação de Áreas Degradadas em Portugal e no Brasil.
Presta consultoria e assessoria técnica para empresas no Brasil e Portugal, como a Transpetro, Petrobras, Engie Brasil, Ecosalix e Salix Engenharia Natural.
Foi fundadora da Associação Portuguesa de Engenharia Natural (APENA), em 2006, desempenhou funções de Vogal do Conselho Fiscal até 2009 e de Secretária da Assembleia Geral até 2013.
1

Professor Doutor
Marcos Sorrentino

 

Universidade de São Paulo – Brasil
Possui graduação em Biologia (1981) e Pedagogia (1984) e mestrado em Educação (1988) pela Universidade Federal de
São Carlos.
Doutorado em Educação (1995) e pós doutorados no Departamento de Psicologia Social da Universidade de São Paulo e no Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília, onde também foi pesquisador colaborador.Foi Diretor de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente de abril de 2003 a junho de 2008. De outubro de 2012 a março de 2014 foi assessor especial do Ministro da Educação, para a construção da política ambiental do MEC.Tem experiência na área de Educação, com ênfase nos seguintes temas: educação ambiental, políticas públicas e planejamento de futuro na direção de sociedades sustentáveis.Participa, desde os anos anos 70, de entidades ambientalistas, de cidadania e de educação ambiental. De 1985 a 1988 foi docente no Departamento de Educação na UNESP, campus de Assis.Desde 1988, no Departamento de Ciências Florestais da ESALQ/USP, atualmente como professor livre-docente, coordena o Laboratório de Educação e Política Ambiental (Oca).
1

Professor Doutor
António Chambel

 

Universidade de Évora
Doutorado em Geologia (Especialidade em Hidrogeologia) pela Universidade de Évora.
É atualmente Professor Auxiliar do Departamento de Geociências da Universidade de Évora.
Professor ERASMUS nas Universidades de Praga (República Checa), Huelva (Espanha) e La Sapienza de Roma (Itália), professor em Mestrados na Universidade de San Salvador (El Salvador), na Universidade Pontifícia S. Francisco Xavier, em Sucre (Bolívia) e no Instituto Superior de Transportes e Comunicações (ISUTC) em Maputo (Moçambique) e investigador no Instituto de ciências da Terra (ICT), em Portugal.É atualmente Presidente da Associação Internacional de Hidrogeólogos (IAH), membro da Comissão Técnica dos Hidrogeólogos Sem Fronteiras (HWB), membro suplente do Conselho Fiscal da Associação Latino-Americana de Hidrologia Subterrânea para o Desenvolvimento (ALHSUD) e membro da direção do Núcleo Regional do Sul da Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos (APRH-NRS).Tem sido consultor e formador pela UNESCO em ações relacionadas com a legislação mundial dos aquíferos transfronteiriços e com os ecossistemas dependentes de águas subterrâneas e tem organizado conferências internacionais sobre a temática da água subterrânea em várias partes do Mundo (Turquia, África do Sul, Marrocos, França, etc.). Tem igualmente apresentado várias conferências a convite em muitos congressos e outros eventos internacionais. Especialista em geologia e águas subterrâneas.Autor de mais de 100 publicações nacionais e internacionais. Coordenou no Alentejo o Projeto “Estudo dos Recursos Hídricos do Alentejo (ERHSA), entre 1997 e 2001, e terminou recentemente a coordenação científica do Projeto “Estudo de Zonas de Complexidade Hidrogeológica”, abrangendo as províncias ente Maputo e Manica, no sul de Moçambique.